Desistir é uma escolha…

Quando a mente se estressa e o corpo cansa

Da rotina… do mundo… e das andanças,

Um sentimento chamado ‘desistir’ me preenche

Meio sem sentido, sem forma, e aleatório…

Me pressionando para não viver mais

E para não me deliciar com o tempo.

Isolado do convívio e da troca de sensações,

A tristeza colore meu ser,

E não é aquele colorido da aventura e ou da provocação

Mas aquele que é desprovido de paixão

E sem nenhuma grande emoção…

Cada pessoa nesse tempo

É um mar completo e difuso,

De onde nada se tira e nada se pode esperar.

 

Quando a mente lateja e o corpo se distrai,

Não me animo para comer ou sorrir,

Nem tampouco para alegria sentir,

Tão quieto que estou nos meus pensamentos.

É um respirar profundo… um pesar nas ações,

Uma hora de paz… outra de tribulações,

De ter tudo… e depois coisa alguma.

Tenho medo das minhas ideias vagarem por caminhos errados,

De não ter forças para lutar contra meus demônios

Pois o calor do abraço já não há,

Só o silêncio da solidão.

 

Quando a mente parece que vai pirar,

E o corpo, abatido, desfalecer,

Como posso eu me sustentar?

Aí, meu irmão,

Não tem receita pronta

Nem varinha de condão,

Ou milagre inesperado…

O que deve existir… simplesmente,

É uma vontade para ver,

Dia após dia

O brilho do sol,

Num esforço para não desistir de viver.

Sempre que a fraqueza embriaga minha mente

Quero entregar logo o jogo…

Mas… eu fico pensando porque eu estou aqui…

E concluo que se estou aqui deve ser por algum motivo,

Que não sei ao certo qual é

Só sei que preciso resgatar minhas forças nas possibilidades que tenho,

No ser humano que sou,

Nas pessoas que me amam,

E naquelas que eu posso ajudar.

 

Desistir é uma escolha…

Só que através desta escolha

Eu não saberei como é

Conhecer a simplicidade da vida,

Seus amores e verdades,

Não sentirei a adrenalina do encontro… a necessidade de reinvenção,

Nem me embebedarei no saber e no fogo da paixão…

E deixarei de viver o inusitado… o surpreendente…

Ah..!!!

Portanto:

              Não desistirei!

Por Ricardo Verçoza – Professor, Administrador e futuro Jornalista.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s