Criatividade: ter histórias para contar é inspirar pessoas, é revolucionar mundos!

Sentir o vento em um dia de chuva, andar de bicicleta em um dia ensolarado, definir uma estratégia inovadora para a empresa, ou simplesmente ser atencioso (a) com aquele determinado cliente que reclamou pelas mídias sociais. Sair da zona de conforto é fundamental para o processo criativo, e enquanto seres humanos temos que alimentar este processo nas ocasiões (pequenas ou grandes) que nos são concedidas para viver. Quantos fatos inspiraram você a ter uma postura diferente? Quantas histórias você vivenciou a ponto de reinventar coisas que antes achava imutáveis? Entenda que não estou falando necessariamente de quantidade, mas da qualidade das experiências e dos consequentes aprendizados que foi possível obter.

Sair e viajar de avião fazendo o próprio coração voar; mergulhar em águas geladas de uma cachoeira com os amigos; refazer o posicionamento da marca depois de uma crise ou até contribuir com a qualificação da comunidade que está próxima das instalações da empresa. Seja no aspecto pessoal ou no profissional, as experiências alimentam não somente a sede por novas aventuras, mas também nos possibilita ampliar a visão sobre o mundo e enxergar aquilo que antes não era possível. Como gerar mais interação que a última ação do concorrente? Como atrair pessoas talentosas para nossa empresa que realmente queiram “vestir a camisa”? Ter história para contar é inspirar as pessoas a realizar o que antes parecia impossívelé modificar hábitos improdutivos e desafiar crenças limitantes.

Essas mesmas crenças nós nutrimos desde crianças, algumas até se modificam, outras permanecem inalteradas e bloqueiam as janelas que utilizamos para descobrir o mundo com suas cores, seus medos, suas maravilhas e problemáticas.

Ir para uma festa a fantasia sem preocupação, observar as crianças brincarem no parque com grande naturalidade, resolver um impasse com o fornecedor no último instante ou até pensar uma forma diferente para que as mulheres possam entender a importância dos exercícios físicos. Entenda que a qualidade das experiências provoca a criatividade e nos possibilita enriquecer de tal forma as conexões e os padrões de raciocínio que fazemos muito de pouco, e algo simples pode se tornar uma “sacada” nunca antes concretizada. E não se esqueça do bom humor! Percebo que tudo que o ser humano vem desenvolvendo está sendo permeado por doses de bom humor: filmes, comerciais, palestras, aulas, cantadas… Então, por que não aperfeiçoar este elemento a favor de sua criatividade? Se você for abordar o uso do preservativo, por exemplo, você pode ousar e usar o bom humor. Se você pensa em estreitar a relação com seus clientes, faça de tal forma que eles percebam coisas além da própria empresa: percebam a própria humanidade, como a Natura o fez.

Ler um bom livro sentado a sobra de uma árvore, tocar violão em um luau com os amigos e parentes, enviar no prazo aquele produto ou até reconhecer as pessoas quando elas atingem as metas e expectativas na empresa. Ter história para contar é revolucionar vários mundos: os mundos pertencentes às pessoas. Esses mundos muitas vezes são fechados em si mesmos, são privados de conexão voluntária ou involuntariamente, e são ávidos por coisas inesperadas. Logo, questione-se sempre!

Que histórias tu terias para contar as pessoas para inspirar, revolucionar e enfrentar o que não foi enfrentado?

Que histórias tu terias que fariam surgir novas histórias, novas perspectivas, novos questionamentos?

Que história tu terias para ensinar sem pôr medo, estimular sem utilizar velhas fórmulas, ou para despertar o desejo pelo inusitado?

“É preciso provocar sistematicamente confusão. Isso promove a criatividade. Tudo aquilo que é contraditório gera vida”. (Salvador Dalí)

Pense nisso.

Por Ricardo Verçoza – Professor, Administrador e futuro Jornalista.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s