6 dicas pra pedir demissão sem fechar as portas

Chutar o balde, jogar tudo para o ar, pedir pra sair ou encerrar o ciclo. Seja lá qual for a expressão que o profissional decidir escolher no momento da demissão, a atitude que ele for tomar nesse momento da carreira deve ser muito bem planejada. De nada vai adiantar o tempo que ele dedicou à empresa se a saída dele for turbulenta ou mal conduzida. Antes de mais nada, muito diálogo e transparência são fundamentais para que esse profissional tenha seu nome registrado em futuros projetos na empresa.
 
“O momento do pedido de demissão de um profissional é um dos mais importantes durante sua trajetória na carreira. Ele precisa planejar essa etapa com muita cautela e ter um canal muito aberto com seus superiores antes de anunciar essa decisão”, explica Erica Isomura, especialista em Recursos Humanos na VAGAS Tecnologia.
 
Conheça abaixo seis dicas para um profissional se dar bem nesse processo:
 
1 – Reflita bem antes de tomar a decisão e explique-se. O primeiro ponto para sair bem de uma empresa e manter sua imagem em alta é explicar objetivamente o motivo do seu desligamento. Nessa hora é adequado posicionar suas perspectivas em relação ao novo projeto e pontuar o que o motivou a tomar essa decisão. Se for por salário melhor ou oportunidade de ascensão, deixar claro quais os ganhos que você vê nessa troca.
 
2 – Nāo é hora de discutir a relação e fazer ameaças. O tom dessa conversa nunca pode ser agressivo ou desafiador. Se a pessoa guarda algum ressentimento por falta de valorização ou remuneração mais adequada, é sinal de que o assunto não foi tão debatido com o gestor. O ideal é sair de cabeça erguida e com a sensação de dever cumprido.
 
3 – Negocie a data de saída e solucione as pendências. De nada adianta planejar a saída se o profissional não cumpre com as obrigações acertadas até a sua data de desligamento. Fazer corpo mole e achar que aquelas tarefas não pertencem mais a você, pode ser um erro fatal. Essa pessoa fica marcada pelo descompromisso e por ter sido remunerada até aquela data do término do ciclo.
 
4 – Corpo mole, não!  Não caia na tentação de ir empurrando suas tarefas com a barriga, chegando tarde, saindo cedo, só porque já está com a cabeça em outro lugar. Responsabilidade e comprometimento são observados e esses últimos dias podem colocar a perder toda a boa imagem que esse profissional suou anos para construir.
 
5 – Nem pense em fazer leilão. Esta é uma das atitudes mais comuns hoje em dia e que podem marcar negativamente a carreira de uma pessoa. O adequado e mais correto que se espera de um profissional é que ele comunique sua saída indicando o que o levou a tomar essa decisão e quais caminhos ele desejou escolher. Nessa conversa é bom deixar claro que está à procura de novos desafios e oportunidades para seu desenvolvimento. Pega mal dizer que vai ganhar 50% a mais, por exemplo, mas que está disposto a receber uma contraproposta. Isso prejudica a imagem do candidato junto à empresa que o quer contratar e ao seu atual emprego. Demonstra que o candidato está de olho apenas em propostas financeiras, e não no projeto proposto a ele.
 
6 – Não critique. Jamais fale mal da empresa, dos colegas ou do ambiente de trabalho que está deixando. Isso pode mostrar que você não sabe expor suas opiniões enquanto trabalha por uma companhia. As pessoas também mudam de emprego e podem ter outra imagem a seu respeito, inclusive na hora de futuras indicações.

Via Administradores.com.br

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s