Recomeçar

À medida que o tempo passa, reflito mais sobre as fases pelas quais passamos durante a vida. Assim como na esfera pessoal, onde vivenciamos a infância, juventude, maturidade e melhor idade, na área profissional o processo é bem parecido.

Desde que inicia a sua carreira, o estagiário precisa de conselhos, orientação e direção para saber que rumo deve seguir. O tempo passa, ele progride, se desenvolve, torna-se gestor e ascende na hierarquia executiva. Com o progresso da carreira, o iniciante começa a delegar e fazer parte do grupo de tomada de decisão, assumindo mais compromissos e responsabilidades. O gestor, que já contribuiu com muitos anos de trabalho, passa a atuar como mentor ou consultor. Muito comumente também, acontece deste profissional ser descartado por conta da idade avançada.

Nas várias etapas pelas quais passamos, existe uma variável  a qual não costumamos nos ater: o status pertinente a cada fase e a consciência desta mudança. Só nos damos conta deste aspecto depois que ultrapassamos cada estágio. Percebemos que já não temos algumas regalias ou passamos a ter outras que até então não desfrutávamos. Nesta condição, somos pegos de surpresa, percebemos a grandeza do momento, nos questionamos como o tempo passou rápido e temos noção do impacto da nova etapa na nossa vida.  É preciso então, recomeçar…

O que me chama a atenção nesta troca ou renovação de papéis pelos quais passamos é a transformação da condição que vivenciamos a cada ciclo. Existem perdas e ganhos que precisam ser analisados e ponderados para que se entenda a nova realidade. Nem sempre isso parece fácil…

Enquanto estagiário, o profissional tem menos responsabilidades e não interfere na carreira profissional dos demais. Na posição de gestor, o profissional é relevante na orientação de carreira de seu subordinado e tem maior responsabilidade sobre os resultados da empresa. Com o passar do tempo, há uma transformação nos papéis, ambos assumem novos compromissos ou perdem poder de decisão. Renova-se  o ciclo profissional…

É preciso dar espaço para os novos que vão chegando em  busca de seu lugar ao sol. Acredito no potencial das pessoas nas diferentes etapas da vida e no posicionamento que elas devem tomar para aceitarem seu novo momento e serem felizes.

As dicas que deixo aqui para as interferências negativas que as mudanças podem acarretar são:

  • Diminuir a ansiedade.
  • Aceitar que a mudança é inevitável.
  • Identificar os ganhos trazidos pela mudança
  • Acessar os recursos que você já possui para adaptar-se à nova fase.
  • Definir as ações necessárias para recomeçar.
  • Se for preciso buscar ajuda, um processo de coaching pode ser útil.

Estas atitudes poderão mantê-lo equilibrado, trazer vantagens imediatas para o bem viver e favorecer o entendimento de que a vida é uma constante renovação. Este é o grande segredo para recomeçar…

Por Liana Westin – Via Blog Questão de Coaching (liana@questaodecoaching.com.br)

2 pensamentos sobre “Recomeçar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s