Percepções cotidianas…

Na tranquilidade de amar, Amado sou.

Na semana de trabalho, divertir-me vou.

Assim sem muito caso, sem muito estresse. O movimento sem fim de transeuntes enriquece minha perspectiva… o meu olhar sobre as pessoas se reinventa. Às vezes fico envolvido no tumulto que é viver neste mundo moderno, com seus supérfluos e os sentimentos que não fortalecem a alma.

Mas são momentos de um tempo que não quero perder com o que é ruim ou desnecessário. A cada passo que percebo, modifica-se minhas relações internas do “eu” e sinto-me amadurecer um pouco mais. É preciso… é gostoso… é divino!

Por Ricardo Verçoza – Professor, Administrador e Blogueiro

@CapitaoCoragem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s