Confissões de um apaixonado…

Ao longo do tempo, venho descobrindo várias sensações de prazer que me tomam o corpo quando eu te vejo. No começo, tentei resistir…num impulso que misturava medo e vergonha. Às vezes foi difícil…um comportamento de menino bobo sempre me invadia e eu me perguntava como devia proceder.

Cometi erros que para os mais experientes seriam motivos de fim…e eu sei bem disso. No entanto, aprendi e venho aprendendo a me reinventar como pessoa que agora não mais é uma, mas duas. A intensidade da palavra cumplicidade, e o seu significado, me toma mais e mais meu coração, meu corpo e minha alma… (sei que é infantil escrever isso…mas não tenho vergonha de dizer).

Escrevo-te para dizer que apaixonado estou… e não é uma coisa leviana ou sentimento passageiro. É verso de poesia que contagia e engrandece, é calor desmedido que invade e consome…é loucura de encanto e delícia.

Assinado: um pobre apaixonado 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s