Mundo eu…

Muitas vezes queremos algo…e o que fazemos para conquistar esse algo? Muitas vezes temos a necessidade de mudar determinada postura que temos com nossos amigos, familiares…e o que fazemos para provocar essa mudança? Nosso mundo restringi-se a esfera do “EU”: não percebemos que podemos ter referências e experiências que podem ser determinantes. Desde de pequenos somos ensinados que conversar com estranhos é ruim, que não podemos correr em determinados lugares, enfim, que não podemos fazer isso ou aquilo. Com o surgimento da internet, tivemos a oportunidade ter contato com inúmeras coisas…mas para muitos a internet é uma fuga. Sim, uma fuga. Muitos acham mais fácil estar conversando pelo MSN, Skype…ou seja, se comunicado através da “mídias sociais”. Eu não estou dizendo que as mídias são ruins (até porque eu as uso), mas critico como as pessoas utilizam. Como isso tudo que eu falei se relaciona? Simples: nós somos motivados ou acanhados pelas metáforas globais (instrumentos que desenvolvemos a cada experiência da vida), que pode ser intensificada ou anulada. Cada vez que negamos a oportunidade de dialogar, de entender que o que as pessoas falam é sempre verdade (é para nos proteger!), cada vez que negamos a possibilidade de mudança em nosso comportamento, estamos fortalecendo o “MUNDO EU”: uma zona de conforto gostosa. Pode ser interessante num primeiro momento, mas quando percebemos a necessidade de sairmos desta zona, estaremos sujeitos a outros mundos fantásticos!

Por Ricardo Verçoza

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s